Mastopexia: Elevando os seios e a autoestima da mulher 

 

A mastopexia é uma cirurgia plástica voltada para a correção da posição das mamas com ptose, ou seja, caídas, problema que incomoda muito as mulheres. Também conhecida como “lifting das mamas” essa cirurgia vai levantar seios que apresentaram queda por diversos motivos entre eles, amamentação ou envelhecimento natural.

Esse procedimento se subdivide em duas vertentes, na mastopexia comum, o cirurgião vai reposicionar a aureola, e até mesmo diminuir seu tamanho, além de retirar o excesso de pele com flacidez, reposicionando as mamas ao formato natural.

A outra forma é a mastopexia com prótese, como o próprio nome já diz, além de retirar o excesso de pele e reposicionar a aureola, o cirurgião implanta silicone, aumentando seu tamanho.

Não é possível dizer com exatidão o tipo de cicatriz que vai ficar nos seios da paciente, isso porque elas variam de acordo com a técnica na qual o seu cirurgião irá aplicar no seu caso. Entretanto, as mais comuns são: em formato de C inferior, um T invertido, ou em torno de toda a aureola.

Antes de realizar a mastopexia o médico cirurgião irá pedir alguns exames, normais na realização de qualquer outra cirurgia, além de uma avaliação geral, eliminando qualquer risco. Essa é uma cirurgia um pouco mais demorada, cerca de quatro horas, mas com um bom pós-operatório, e a alta é realizada aproximadamente 24 horas depois.

Nos próximos dias, os cuidados continuam em casa, com o uso do sutiã apropriado durante um mês, além do repouso, mantendo os braços para baixo, e claro, sem pegar peso em hipótese alguma.

Apesar de parecidas, a mastopexia é diferente na mamoplastia, já que ao contrário da primeira, ela é realizada na correção de mamas com quedas originadas pelo tamanho em excesso dos seios.

 

< Anterior Próxima >